Inspetoria Regional de Santana da Guarda Civil Metropolitana inaugura o serviço de Mediação de Conflito.

Já está em funcionamento na Inspetoria Regional de Santa – Comando Operacional Norte da Guarda Civil Metropolitana, o serviço de Mediação de Conflitos.

Para quem não conhece ainda esse novo conceito solução de conflitos e prevenção da violência, leia abaixo algumas informações importantes.

O que é a Casa de Mediação?

A casa de mediação é mais um serviço da Prefeitura da Cidade de São Paulo que visa estimular as pessoas em situação de conflito à busca de resolução pacífica para os desentendimentos. Assistidos por um mediador imparcial, especialmente treinado para garantir um ambiente seguro e justo, onde as pessoas possam participar ativamente do processo de resolução de seus próprios problemas por meio do diálogo, estimulando o restabelecimento das relações de convivência entre as partes em conflito.

Objetivo:

O objetivo da mediação de conflitos é contribuir para o estabelecimento de uma cultura de paz, auxiliando as pessoas a resolverem seus problemas sem o emprego da força ou da violência, garantindo assim a cidadania a todos que optarem por essa modalidade de serviço público.

Por que mediar?

Estudos comprovam que pequenos desentendimentos, quando não tratado a tempo, podem tomar maiores proporções, inclusive se tornando casos de polícia. As conseqüências são o declínio das relações sociais entre as pessoas das comunidades, a ocorrência de crime e os prejuízos que atingem o cidadão, a sua família e a sociedade.

Quem poderá utilizar os serviços?

Todas as pessoas residentes na cidade de São Paulo podem requerer os serviços de mediação da rede, bastando demonstrar o interesse na resolução de seus problemas de forma rápida e sem burocracia, desde que não configure crime. A mediação é realizada com o auxílio de profissionais habilitados, num ambiente propício ao diálogo, visando a obtenção de um consenso.

Conflitos passíveis de mediação:

Poderão ser encaminhados às Casas de Mediação problemas tais como: Perturbação de sossego, brigas de vizinhos, queixas de barulhos, entre outros pequenos conflitos. Fatos considerados como crimes, não comportam mediação.

Vantagens:

– Celeridade na resolução da contenda;
– Efetividade de resultados;
– Equidade dos interesses;
– Garantia de privacidade e sigilo;
– Redução de custos financeiros e emocionais;
– Prevenção na incidência de novos conflitos;
– Facilita a comunicação interpessoal;
– Facilidade de acesso;
– Agindo preventivamente, o poder público consegue reduzir os índices de violência.

Atendimento:

Os serviços de Mediação de Conflitos da Inspetoria Regional de Santana estarão à disposição da comunidade na Praça Monumento Heróis da FEB, em Santana – Capital/SP. O cidadão poderá obter informação diretamente no local ou por meio do telefone 153. O serviço é totalmente gratuito, não havendo necessidade de advogado.

Resultados esperados:

Por meio deste serviço, o poder público quer difundir a cultura de paz e reduzir os índices de violência em nossa cidade, ampliando o conceito de cidadania das pessoas nas comunidades.

Órgãos participantes:

. Secretaria Municipal de Segurança Urbana, por meio da Guarda Civil Metropolitana;
. Secretaria Especial de Direitos Humanos:
. Secretaria Municipal de Educação;
. Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente, UMAPAZ.

São Paulo, 25 de Junho de 2012.

Marcos Bazzana Delgado
Inspetor – GCM
Comandante Operacional Norte

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s